Publicado por: fdananda | 5 agosto 2007

Santa ignorância de uma mãe de primeira viagem

Eu tenho certeza de que se o Adriel já fosse adolescente, ele iria morrer de vergonha das minhas cenas de ignorância absoluta em alguns assuntos relativos a bebês. Prova disso foi esse finzinho de semana. A pediatra mandou que eu fizesse um exame de fezes e outro de urina no Adriel para saber a origem da diarréia que ele tem tido. Uma dúvida passou a sexta-feira perturbando meus neurônios: o exame de fezes tudo bem a gente consegue até desenrolar tirando a prova do crime da fralda e colocando num potinho, mas como eu ia fazer com o exame de urina? Além de ter que adivinhar a hora do xixi, como fazer para ele mirar no potinho, um tiro certeiro? Caramba, passei o dia matutando e resolvi ir ao laboratório perguntar como eu ia fazer essa mágica. A atendente pacientemente me explicou todo o procedimento. Com relação ao cocô, eu nem precisava me preocupar em fazer o transplante da fralda para o pote. Bastava levar a fralda descartável em até duas horas após a evacuação. Quanto ao xixi, o fruto maior da minha dúvida, eu iria levar um saquinho esterelizado próprio para recolher xixi de meninos, em que a gente cola lá e já fica acumuladinho, aí é só descolar e fechar e mandar. Os cuidados básicos: o xixi não pode ser feito junto com o cocô (tá complicando); o saquinho só pode ficar colado durante 40 minutos, se ele não fizer nesse tempo, o saco deve ser substituído por um novo (tá complicando!); o xixi tem que ser entregue em até duas horas também. Pois não é que deu certo. No segundo saquinho, o meu rapaz mirou direitinho. Agora, eu fiquei com outra dúvida: e como é com as meninas? 🙂

MAIS UMA – Essa é mais uma das minhas aprendizagens como mãe. Decidi comprar bicos de mamadeira tamanho 2 para o Adriel já que ele agora é um rapaz de seis meses. Na prateleira diversas opções, dentre os quais o da Nuk. Caaaaaaro! Sempre ouvi que eles eram bons, mas o preço é quase o dobro do concorrente. Decidi comprar dois deles e seis do outro. Pense num arrependimento. O de outra marca, por ter o furo menor, não deixa passar muito líquido, o que faz com que o Adriel fique irritado na hora do leite. Ou seja, no final tivemos que optar pelo da Nuk para líquidos engrossados, que deixa passar bem mais leite com Mucilon. Agora a mamada é bem mais rápida.

FEITIÇO CONTRA FEITICEIRO – Nessa semana eu reparando numa mãe que já cansada de cuidar da filha que não parava de se danar, olhou pra menina bem séria e gritou: “Pára sua filha de uma égua!”. Não sei ela estava brigando com a menina ou com ela mesma.

QUASE LÁ – Pense numa felicidade quando me pesei ontem. Estava lá na balança, eu juro: 52,4Kg. Faz muito tempo que eu não conseguia ficar abaixo dos 53 quilos. A meta é 48.

NO CÉU – Quem também ficou morto de feliz ontem no shopping foi o Adriel. Pensa que a diversão foi numa loja de brinquedos ou no parquinho? Que nada! Ele adorou foi a Nagem, loja de informática. Nossa parecia que estava no céu, cercado de tanto computador. Ele queria porque queria teclar nos notebooks e conversar com a foto em alta resolução de um menino que enfeita a loja. Filho de quem é, só podia dar nisso mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: