Publicado por: fdananda | 1 julho 2007

Nova fase

Eu nunca gostei de gente estranha aqui em casa. Pra mim de casa sou eu, o Daniel, o Meq – que não é exatamente gente mas quase chega lá – e agora o Adriel. No entanto, depois que o Adriel nasceu, foi inevitável ter gente de fora por perto. Primeiro foi a minha sogra, que veio dar uma mão, e em seguida a empregrada. Pois a partir de hoje tudo volta a ser como antes ou quase. Como estou voltando ao trabalho, a casa começa a ficar meio vazia de novo. Por um lado é bom, pois vou ter a minha privacidade de volta, mas por outro é muito trabalho. Eu não sei como as mães que não têm empregada se viram sozinhas. Pra ter uma idéia, só hoje foi: cuidar do bebê, dar banho nele, ferver a água do banho, esterelizar mamadeiras, trocar fraldas, lavar fraldas, limpar banheira etc. e olha que nem almoçamos em casa pra não ter mais coisas pra fazer. E ainda bem que o Daniel ajuda, senão tava lascadinha da silva.

FIM DE FÉRIAS – Como esse era meu último final de semana de férias, resolvemos tirar uma folga do Adriel para pegar um cineminha. Filme escolhido (Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado) e o esquema com a sogra tomando conta do baby já todo combinado. Isso se o Adriel quisesse colaborar. Pois foi só deixar lá na casa da sogra que ele abriu o berreiro. A gente foi pro cinema mesmo assim. Quando chegamos na fila da bilheteria ligamos para saber como ele estava e a resposta foi: “Ele não pára de chorar. Está zangado”. Ou seja, fim de programa. E o Daniel estava de tão bom humor que disse: “Deixa pra lá. Daqui a pouco chega em DVD mesmo”. Agora é só esperar

CHORORÔ – Estou morrendo de medo. Se ele reagiu assim hoje, como será amanhã no primeiro dia da creche?

MONSTRO SAGRADO – Essa é o Daniel: “Quando nós compramos esse tal óleo Casa Nova que eu não me lembro?”. Olhei no rótulo, já que nunca tinha ouvido falar em óleo dessa marca e lá estava “Promoção Casa nova com seu ídolo é uma delícia”. O óleo continuava sendo Soya e nunca mudou. O bom é que ele ignorou todo o resto da frase e decorou só a “Casa Nova”.

QUE PAI 1! – O Daniel bem que se esforça como pai, mas às vezes é pra morrer de rir. Hoje, ao colocar pela segunda vez na vida uma fralda no Adriel, ele deixou não só o cofrinho do baby à mostra, mas todo o Banco Central à vista. Detalhe, ele usou quatro pedaços de fita adesiva para prender a fralda e ainda assim ficou frouxa.

QUE PAI 2! – Perguntinha básica do Daniel: “Já está na hora de lavar o Adriel?”. É o vulgo ‘dar banho’, mas um dia ele aprende.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: